OFICINAS

Participe das nossas oficinas e ainda leve para sua cidade

Aulas de Tecido Acrobático

‘Tecido acrobático’ é uma modalidade de acrobacia aérea realizada em tecidos parcialmente elásticos que podem ser usados de várias formas: liso, marinho ou gota possibilitando diferentes tipos de movimentação.

Originalmente, as habilidades circenses eram transmitidas de geração em geração entre as famílias de artistas. No Espaço Cultural Circo Navegador oferecemos a técnica com muita segurança e orientação de profissionais qualificados.

O tecido é, ao mesmo tempo, esporte, recreação e arte. As principais habilidades desenvolvidas nos treinos são: força, flexibilidade, refinamento na coordenação motora, expressão corporal, autoconfiança e alegria

Interessados acima de 14 anos com disponibilidade, preferencialmente com experiência artística.

Dafnis de Proença é principalmente yogini, terapeuta corporal, cozinheira plant based e gateira. Natural de São Paulo capital, em 2021 escolheu o litoral norte paulista para apreciar a vida. No tecido acrobático, se apaixonou de primeira em 2015 nas aulas da Jaqueline Gomes (@aerial_jaque) no tempo em que morou em Bragança Paulista. Apaixonada por saúde humana, passa seus tempos livres escutando audiolivro ou podcast, cozinhando, brincando com a Mina e o Aki (gata e gato), dançando ou passeando na natureza. Conheça mais sobre Dafnis de Proença em @dafnisdeproenca.yoga

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

PRÓXIMAS DATAS: 27/04 em Presidente Prudente, SP

INSCREVA-SE AQUI

Oficina de Palhaço

A oficina de palhaçaria “O Riso” irá compartilhar técnicas de consciência corporal, jogos de palhaço, gestualidade para picadeiro e rua e construção de personagem. Pretende estimular a leitura de mundo pela ótica do palhaço, que tem função de questionar, e, a partir do riso, trazer o entendimento. 

A oficina faz parte do Núcleo de Pesquisa do Riso, laboratório proposto pelo Espaço para orientação cênica e aprimoramento artístico, através de interações estéticas e apresentações cômicas.

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

  • Dia 26/04: Oficina de Palhaço com Luciano Draetta
    Horário: das 14h às 17 horas, no Galpão Cultural.
    Endereço: Tv. Sorocabana, n°40, Centro, Assis – SP Inscrição pelo formulário: https://forms.gle/HnsQu297ZjWpV4ka7

Luciano Draetta:

Palhaço e Mestre da Cultura Popular, reconhecido pelo Ministério da Cultura, em 2017, na edição Leandro Gomes de Barros do prêmio Culturas Populares. Graduado em letras pela FASS – Faculdades São Sebastião. 

Atua profissionalmente como palhaço e ator desde 1992. Além de artista e ativista da cultura, também desempenha funções de produtor, curador e diretor artístico. 

Estudou no Circo Escola Picadeiro, Escola Paulista de Circo e Oficinas Culturais Mário de Andrade e Mazzaroppi, com profissionais de altíssimo nível. Concluiu a formação acadêmica no curso de letras em 2010, com a pesquisa “A comunicação no espetáculo de circo” que é um estudo sobre as formas narrativas e dramatúrgicas dos espetáculos circenses, que resultou em diversos artigos publicados em sites e revistas especializadas. 

Realizou turnê pela América do Sul: Mar Del Plata, Córdoba, El Brete e Buenos Aires, na Argentina e Santiago, Valparaiso e San Pedro de Atacama, no Chile. 

Atua sob direção de artistas de renome como Roberto Rosa, Mário Bolognesi, Andreia de Almeida, entre outros. 

Foi reconhecido pelos principais prêmios da cultura: Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, Funarte, Proac, Iberescena e Petrobras.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

PRÓXIMAS DATAS: 26/04 em Assis, SP

INSCREVA-SE AQUI

Oficina Teatro de Origem

O Teatro de Origem é uma proposta que, por meio de jogos cênicos os participantes são provocados a criarem a partir da sua origem (passado), da observação mais profunda do meio onde estão inseridos (presente) e de seus desejos (futuro).  O trabalho corporal facilita participantes mais conscientes, relaxados, plenos, cuidadosos consigo e com os outros, com prontidão, sensibilizados, ampliando assim os limites do corpo, facilitando a superação de obstáculos e criando caminhos para a construção de personagens, sem medo do inusitado e ao mesmo tempo com consciência do que realizam.

Interessados acima de 14 anos com disponibilidade, preferencialmente com experiência artística.

  • 27 de abril de 2023, no Centro Histórico Cultural Matarazzo – Sala 4
    Endereço: R. Quintino Bocaiúva, 749 – Vila Marcondes, Pres. Prudente – SP. Horário: das 16h às 19 horas.
    Inscrição pelo formulário: https://forms.gle/HKq1ibaeUSxSq53B9

Andreia de Almeida é atriz, palhaça, pedagoga e diretora teatral. Atua nas áreas de circo, dança e dramaturgia, estudou Antropologia Teatral, é atriz e dramaturgista de “Quixotes” do grupo Circo Navegador, coordenadora artística do “Quixote Espaço Comunitário de Cultura”. Trabalhou nos projetos “Fabricas de Cultura” da secretaria de Cultura do governo do Estado de São Paulo. Em 2004, lançou “Reencantando a Cidade” que registra 10 anos de oficinas que coordenou e espetáculos que dirigiu no grande ABC.

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

PRÓXIMAS DATAS: 27/04 em Presidente Prudente, SP

INSCREVA-SE AQUI

Oficina de cenografia

A oficina de “Cenografia: o desenho da cena” traz uma conversa aberta sobre traduzir pelo desenho cênico uma cena teatral: suas possibilidades, sua relação com o texto, com as artes visuais, personagens, atores, espaço e iluminação. 

A oficina faz parte do Núcleo de Pesquisa do Riso, laboratório proposto pelo Espaço para orientação cênica e aprimoramento artístico, através de interações estéticas e apresentações cômicas. 

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

  • 21 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 30 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)

Isabel Galvanese:

Paulistana, moradora de São Sebastião (Litoral Norte de São Paulo) desde 1992, Isabel é artista plástica e ceramista. Em 2013 começa a trabalhar com ilustração de livros infantis. Neste mesmo ano, escreve e ilustra o livro “O segredo de Druzilla – a encantadora de siris”, publicado pela Editora Ateliê da Escrita e adotado em 2018 no PNLD do Governo Federal. Em 2014 é lançado pela Plano B Editorial o livro “O artista que teimava em ser muitos”, com ilustrações suas. Atualmente tem publicados 13 livros com ilustrações de sua autoria. Em 2019 realiza a exposição Entre Desenhos, o voo da palavra, no Instituto Mpumalanga, em São Sebastião-SP. Também em 2019/2020 ilustra para animação 3 contos caiçaras de Neide Palumbo dentro do projeto Treboada, Prêmio PROAC14/2019. Neste projeto, participa como ilustradora.

A Cenografia surge em sua obra primeiro com a Ossobanda, uma banda de música para crianças de Boiçucanga, São Sebastião-SP, em 2019 e no ano de 2021, com a proposta de criação da cenografia do espetáculo Boa Noite para o Circo Navegador. Isabel reúne todo seu conhecimento e sensibilidade para a criação e confecção de mais obras cenográficas genuínas de entrega e encantamento.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de mímica

Na oficina de mímica “O Corpo Cômico”, vamos abordar três dinâmicas da construção desse corpo. Num primeiro momento, o conceito de neutralidade e a necessidade de começar desde uma folha em branco. Logo em seguida alguns sinais de comicidade começam a aparecer nos corpos dos brincantes ao observar o próprio corpo pela visão dos outros. A partir daí, alterações serão feitas conhecendo potenciais e aspectos psicológicos e emocionais dos personagens e dos próprios atores.
 
Uma vivência compacta, porém suficiente para confrontar e provocar a notória transformação nos corpos dos participantes.

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

  • 16 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 30 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)

Alejo Linares:

É um artista argentino radicado no Brasil desde 1992 e desenvolveu sua atividade formativa em Buenos Aires – Argentina, entre 1976 e 1978 na Escuela de Teatro do Diretor Francisco Javier e na Escuela Argentina de Mimo entre 1978 e 1981. De 1981 a 1983 estudou na ETI – Estúdio de Teatro Integral, formando-se como professor, ator e diretor. 
 
Em 2004 aperfeiçoou-se em máscaras na UFMG Belo Horizonte e teatro de rua e clown em Caraguatatuba. Em 2009 cursou o Conservatório Superior de Música “Luis Gianneo” em Cruz de Eje – Córdoba – Argentina. 
 
Atuou como ator em espetáculos no Teatro de La Piedad e no Teatro Del Centro em Buenos Aires, entre 1979 e 1983, em paralelo atuou como mímico do elenco estável da Companhia Argentina de Mimo entre 1980 e 1983. 
 
No Brasil desenvolveu trabalho e oficinas de mímica, nas cidades de Belo Horizonte-MG e Lages-SC entre 1984 e 1986. 
 
Participou da criação Escuela de Teatro Comunitário em Villa Huidobro na província de Córdoba – Argentina entre os anos de 1986 e 1990. Desde 2007 integra o Circo Navegador como palhaço, professor de mímica, preparador de elenco, assistente de direção, cenotécnico e produtor. 
 
Atua nos espetáculos “Cirquim do Serafim”, “Bancicleta e os Palhaços Quase Músicos” e “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”.
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

FIQUE ATENTO ÀS NOSSAS REDES PARA SE INSCREVER!

Oficina de teatro de rua

Na oficina de mímica “O Corpo Cômico”, vamos abordar três dinâmicas da construção desse corpo. Num primeiro momento, o conceito de neutralidade e a necessidade de começar desde uma folha em branco. Logo em seguida alguns sinais de comicidade começam a aparecer nos corpos dos brincantes ao observar o próprio corpo pela visão dos outros. A partir daí, alterações serão feitas conhecendo potenciais e aspectos psicológicos e emocionais dos personagens e dos próprios atores.
 
Uma vivência compacta, porém suficiente para confrontar e provocar a notória transformação nos corpos dos participantes.

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

Alejo Linares:

É um artista argentino radicado no Brasil desde 1992 e desenvolveu sua atividade formativa em Buenos Aires – Argentina, entre 1976 e 1978 na Escuela de Teatro do Diretor Francisco Javier e na Escuela Argentina de Mimo entre 1978 e 1981. De 1981 a 1983 estudou na ETI – Estúdio de Teatro Integral, formando-se como professor, ator e diretor. 
 
Em 2004 aperfeiçoou-se em máscaras na UFMG Belo Horizonte e teatro de rua e clown em Caraguatatuba. Em 2009 cursou o Conservatório Superior de Música “Luis Gianneo” em Cruz de Eje – Córdoba – Argentina. 
 
Atuou como ator em espetáculos no Teatro de La Piedad e no Teatro Del Centro em Buenos Aires, entre 1979 e 1983, em paralelo atuou como mímico do elenco estável da Companhia Argentina de Mimo entre 1980 e 1983. 
 
No Brasil desenvolveu trabalho e oficinas de mímica, nas cidades de Belo Horizonte-MG e Lages-SC entre 1984 e 1986. 
 
Participou da criação Escuela de Teatro Comunitário em Villa Huidobro na província de Córdoba – Argentina entre os anos de 1986 e 1990. Desde 2007 integra o Circo Navegador como palhaço, professor de mímica, preparador de elenco, assistente de direção, cenotécnico e produtor. 
 
Atua nos espetáculos “Cirquim do Serafim”, “Bancicleta e os Palhaços Quase Músicos” e “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”.
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Trilha-Sonora

A oficina de “Trilhas Sonoras” para espetáculos.

A oficina propõe o contato dos participantes com as principais etapas do processo de criação e gravação de trilhas sonoras usando princípios básicos que podem ser adaptados aos recursos disponíveis e às necessidades de cada projeto. 

Qualquer pessoa interessada com idade superior a 14 anos.

  • 20 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 20 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Teatro de Máscara

Por meio do estudo teórico e atividades práticas, os participantes poderão aprofundar-se no estudo dos personagens arquetípicos da commedia dell’arte e nas particularidades do teatro em praça pública. Este é um gênero de teatro que surgiu na Itália no século XVI e tem como principais características a improvisação e o uso da meia máscara expressiva, orientando princípios básicos da criação cênica e possibilitando ao ator a experimentação de uma linguagem codificada para a construção do jogo teatral.

Qualquer pessoa interessada com idade superior a 14 anos.

  • 21 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Alejo Linares:

É um artista argentino radicado no Brasil desde 1992 e desenvolveu sua atividade formativa em Buenos Aires – Argentina, entre 1976 e 1978 na Escuela de Teatro do Diretor Francisco Javier e na Escuela Argentina de Mimo entre 1978 e 1981. De 1981 a 1983 estudou na ETI – Estúdio de Teatro Integral, formando-se como professor, ator e diretor. 
 
Em 2004 aperfeiçoou-se em máscaras na UFMG Belo Horizonte e teatro de rua e clown em Caraguatatuba. Em 2009 cursou o Conservatório Superior de Música “Luis Gianneo” em Cruz de Eje – Córdoba – Argentina. 
 
Atuou como ator em espetáculos no Teatro de La Piedad e no Teatro Del Centro em Buenos Aires, entre 1979 e 1983, em paralelo atuou como mímico do elenco estável da Companhia Argentina de Mimo entre 1980 e 1983. 
 
No Brasil desenvolveu trabalho e oficinas de mímica, nas cidades de Belo Horizonte-MG e Lages-SC entre 1984 e 1986. 
 
Participou da criação Escuela de Teatro Comunitário em Villa Huidobro na província de Córdoba – Argentina entre os anos de 1986 e 1990. Desde 2007 integra o Circo Navegador como palhaço, professor de mímica, preparador de elenco, assistente de direção, cenotécnico e produtor. 
 
Atua nos espetáculos “Cirquim do Serafim”, “Bancicleta e os Palhaços Quase Músicos” e “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”.
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Iluminação

A oficina de introdução à iluminação cênica irá apresentar aos participantes o universo da luz para espetáculos em suas mais diversas possibilidades. Desde as noções básicas de elétrica, passando por mercado de trabalho e equipamentos de segurança, até a parte prática, onde será visto como é a estrutura de um teatro ou de um palco de show.

A oficina faz parte do Núcleo de Pesquisa do Riso, laboratório proposto pelo Espaço para orientação cênica e aprimoramento artístico, por meio de interações estéticas e apresentações cômicas.

Qualquer pessoa interessada com idade superior a 14 anos.

  • 27 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Circo

A arte circense, que encanta adultos e crianças, será apresentada aos participantes de forma pedagógica, lúdica e recreativa, com jogos de malabarismo e acrobacia, levando os participantes ao auto-conhecimento, a descoberta das possibilidades do corpo e da mente e acima de tudo a sensibilização por meio da arte.


A oficina coloca a disposição dos interessados um vasto repertório de técnicas de malabarismo e acrobacia, que poderão ser usadas profissionalmente, técnica ou simplesmente recreativa, promovendo o desenvolvimento artístico e pessoal conforme os interesses dos participantes.

Circenses, atores e bailarinos, entre outros artistas e interessados em geral com idade superior a 14 anos.

  • 21 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Luciano Draetta:

Palhaço e Mestre da Cultura Popular, reconhecido pelo Ministério da Cultura, em 2017, na edição Leandro Gomes de Barros do prêmio Culturas Populares. Graduado em letras pela FASS – Faculdades São Sebastião. 

Atua profissionalmente como palhaço e ator desde 1992. Além de artista e ativista da cultura, também desempenha funções de produtor, curador e diretor artístico. 

Estudou no Circo Escola Picadeiro, Escola Paulista de Circo e Oficinas Culturais Mário de Andrade e Mazzaroppi, com profissionais de altíssimo nível. Concluiu a formação acadêmica no curso de letras em 2010, com a pesquisa “A comunicação no espetáculo de circo” que é um estudo sobre as formas narrativas e dramatúrgicas dos espetáculos circenses, que resultou em diversos artigos publicados em sites e revistas especializadas. 

Realizou turnê pela América do Sul: Mar Del Plata, Córdoba, El Brete e Buenos Aires, na Argentina e Santiago, Valparaiso e San Pedro de Atacama, no Chile. 

Atua sob direção de artistas de renome como Roberto Rosa, Mário Bolognesi, Andreia de Almeida, entre outros. 

Foi reconhecido pelos principais prêmios da cultura: Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, Funarte, Proac, Iberescena e Petrobras.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

ATENÇÃO:

O contratante deve dispor dos seguintes recursos:

Sala de 10 x 10 metros, arejada e bem iluminada com piso liso, plano e limpo que possibilite exercícios de contato com o solo, banheiro, bebedouro, equipamento de som portátil.

10 tatames de EVA 2 x 1 metro

Nós dispomos dos seguintes equipamentos

30 bolas de malabarismo

6 claves de malabarismo

12 aros de malabarismo

 

Oficina O Riso

A oficina provoca nos participantes o interesse pela pesquisa do palhaço de circo, sua história e suas práticas. Com esse encontro planejamos compartilhar técnicas de: consciência corporal, jogos de palhaço, gestualidade para picadeiro e rua e construção de personagem. 

A origem dos conteúdos da oficina são vivências práticas e aprendizados teóricos de: escola de circo tradicional, matriz brasileira dos palhaços, Commedia Dell’Arte, contato e improvisação, dança contemporânea e yoga.

A prática do palhaço não se resume a repetição das “velhas e boas” fórmulas, mas acima de tudo, nos possibilita uma pesquisa profunda acerca da sua capacidade de transgressão e sua função de denúncia diante dos absurdos da existência.

O palhaço tem duas funções impreteríveis: denúncia e aceite. Apresentando-se de forma poética, ele denuncia algumas questões que induzem o expectador a identificar suas inquietações, e por meio do riso possibilita o entendimento e em seguida o aceite da condição humana.

Jovens atores, palhaços, circenses entre outros com idade superior a 14 anos.

  • 27 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Luciano Draetta:

Palhaço e Mestre da Cultura Popular, reconhecido pelo Ministério da Cultura, em 2017, na edição Leandro Gomes de Barros do prêmio Culturas Populares. Graduado em letras pela FASS – Faculdades São Sebastião. 

Atua profissionalmente como palhaço e ator desde 1992. Além de artista e ativista da cultura, também desempenha funções de produtor, curador e diretor artístico. 

Estudou no Circo Escola Picadeiro, Escola Paulista de Circo e Oficinas Culturais Mário de Andrade e Mazzaroppi, com profissionais de altíssimo nível. Concluiu a formação acadêmica no curso de letras em 2010, com a pesquisa “A comunicação no espetáculo de circo” que é um estudo sobre as formas narrativas e dramatúrgicas dos espetáculos circenses, que resultou em diversos artigos publicados em sites e revistas especializadas. 

Realizou turnê pela América do Sul: Mar Del Plata, Córdoba, El Brete e Buenos Aires, na Argentina e Santiago, Valparaiso e San Pedro de Atacama, no Chile. 

Atua sob direção de artistas de renome como Roberto Rosa, Mário Bolognesi, Andreia de Almeida, entre outros. 

Foi reconhecido pelos principais prêmios da cultura: Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, Funarte, Proac, Iberescena e Petrobras.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Circo-Yoga

A milenar prática do Yoga aplicada ao nosso dia-a-dia resulta numa experiência profundadas possibilidades do corpo, da mente e do autoconhecimento. O Yoga já é conhecido pelas suas qualidades: de manutenção da saúde (física e mental) e da aquietação da mente, além de tantos outros atributos.

O professor Luciano Draetta, traz uma característica muito particular, pois desenvolve uma pesquisa artística, que já se estende por mais de 20 anos, e mistura o Circo, o Teatro, a Dança e o Yoga em busca do melhor desempenho cênico. Essa vivência artística resulta em uma prática de yoga voltada a aplicabilidade no cotidiano dos participantes.

O autoconhecimento é o reflexo esperado da prática milenar do Yoga, essa vivência resulta numa pesquisa das possibilidades do corpo e da mente, e os praticantes se beneficiarão das qualidades do yoga (equilibio, força, precisão).

Luciano Draetta é formado em Letras, além de professor de yoga, palhaço, ator, autor e diretor de espetáculos de circo e teatro e atua profissionalmente desde 1992.

A vivência do Yoga garante o autoconhecimento, a conquista de força e flexibilidade, a busca do bem estar físico, mental e espiritual a partir das práticas milenares da cultura Hindu.

Praticantes de yoga e interessados em geral com idade superior a 14 anos.

A confirmar. Esta oficina pode ser contratada.

Luciano Draetta 

Possui formação de Yoga com Deni Galdeano, além de ter experiências internacionais com a mestre Usha Devi no Omkarananda Ganga Sadan em Rishikesh – Índia, e com o mestre Bhadru aulas no Iyengar Yogashraya em Mumbai – Índia; no Brasil tem praticado com diversos mestres como: San Vaz, Anderson Alegro, Ciça Nogueira, Kathy Lobos entre outros.

É formado em letras pela UNIBR – Fass – Faculdades São Sebastião e faz a direção artística do Circo Navegador há 17 anos. Atua profissionalmente desde 1992 como palhaço, ator, autor e diretor de espetáculos de circo e teatro.

3 horas cada Aula

* Introdução histórica e metodológica

* Meditação e Pranayama*

* Aquecimento com asanas leves

* Foco na coluna com retroflexão, anteflexão e torção

* Foco na tonicidade muscular

* Foco no uddiyanabandha e múlabandha**

* Foco no equilíbrio

* Prática de Asanas***

* Exercícios respiratórios.

** Os bandhas são contrações de determinadas áreas do corpo físico, como plexos, nervos, órgãos e glândulas, que estão relacionadas aos chakras, centros da energia vital, e que funcionam como canalizadores do fluxo energético.

*** Postura firme e confortável. Uma das 8 partes do sistema Ashtanga Yoga de Patanjali (responsável pela compilação do conhecimento do yoga e sua organização em texto há cerca de 4 mil anos).

CARGA HORÁRIA:

Carga horária: 6 horas

Duração: 2 dias corridos

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Elaboração de Projetos

O curso “Elaboração de Projetos Culturais” é uma iniciativa de Luciano Draetta, fundador do núcleo artístico Circo Navegador, que há mais de 26 anos dedica-se a criação e produção de obras de circo e teatro, turnês, manutenção de espaço cultural entre outros ativismos de emancipação da sociedade por meio da arte e da cultura.

O projeto tem a função de capacitar profissionais e qualificar artistas e empreendedores culturais, para a tomada de conhecimento das ferramentas de financiamento de projetos culturais, público e privado, em âmbito municipal, estadual e federal.

Essa iniciativa visa capacitar os participantes para a captação de recursos por meio de editais na área cultural, resultando no aprimoramento da produção e criação artística e cultural da região. Além de compartilhar métodos, estratégias e rotinas de produção de projetos culturais, o mediador irá acompanhar os participantes desde a materialização da ideia e a formatação do projeto.

Artistas, produtores, administradores, universitários, empreendedores, gestores de organizações da sociedade civil e munícipes em geral. Coletivos culturais das áreas de artes cênicas, música, artes visuais, audiovisual, capoeira, congada, comunidades tradicionais caiçara, maracatu, cultura popular, indígenas, entre outros movimentos artísticos e sociais.

Quantidade de participantes: 15

Idade mínima: 14 anos

  • Sem data próxima, entre em contato para contratar.

O facilitador Luciano Draetta – Palhaço, Ator e Pesquisador, Mestre da Cultura Popular reconhecido pelo Ministério da Cultura, em 2017, na edição Leandro Gomes de Barros do prêmio Culturas Populares. Graduou-se em letras pela FASS – Faculdades São Sebastião e atua profissionalmente como artista circense, palhaço e ator desde 1992. Além de artista e ativista da cultura, também desempenha funções de produtor, curador e diretor artístico. Sua formação artística é bem diversificada e passa pelo circo, teatro, música, dança, letras e yoga. Formou-se na Escola Paulista de Circo (1995 à 1997),  Circo Escola Picadeiro (1996 à 1998), e Oficinas Culturais Mário de Andrade e Mazzaroppi (1995 à 2002), com profissionais de altíssimo nível. Concluiu a formação acadêmica no curso de letras em 2010, com a pesquisa “A comunicação no espetáculo de circo” que é um estudo sobre as formas narrativas e dramatúrgicas dos espetáculos circenses, que resultou em diversos artigos publicados em sites e revistas especializados.

Atuou com renomados grupos como Parlapatões, Sobrevento e Farândola Troupe entre os anos de 1995 e 1998.

Fundou, junto com alguns amigos, o grupo Circo Navegador, na cidade de São Paulo, no ano de 1997, e dedicou-se a pesquisa cênica, montagem, produção e circulação de diversos espetáculos. Atualmente a sede do grupo é o Espaço Cultural Circo Navegador situado na cidade de São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo.

Como Palhaço “Surubim” realizou turnê pela América do Sul: Mar Del Plata, Córdoba, El Brete e Buenos Aires, na Argentina e Santiago, Valparaiso e San Pedro de Atacama, no Chile. Atua sob direção de artistas de renome como Roberto Rosa, Mario Fernando Bolognesi, Andreia de Almeida, entre outros.

Atua como roteirista, produtor, apresentador e mediador da web série “Lab Ideias – Discussões Horizontais”, dirigida por Paulo Alberton, disponível no Youtube. Essa iniciativa foi premiada pelo PROAC e Edital de Emenda Parlamentar da deputada Estadual Marina Helou. Em parceria com a Banda Larga Filmes e o Instituto de Memória Brasil Vivo, foi roteirista e apresentador da web-serie “Tem Sim Senhor” premiado pelo Proac Audiovisual em 2017.

Como dramaturgo criou 10 espetáculos de teatro e circo, destacando “Cartas” e “Notícia pra Embrulhar Peixe”, ambos premiados pelo Proac em 2013 e 2014.

Foi reconhecido pelos prêmios: Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo (2004), Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo (2005 e 2007), Proac – Montagem de Espetáculo Circense (2007), Funarte de Ocupação do Teatro Eugênio Kusnet (2010), Proac – Apoio a Projetos de Festivais de Artes (2011, 2013, 2014, 2016 e 2017), Proac – Montagem de Espetáculo de Teatro (2012 e 2013), Funarte Artes na Rua (2013), Proac – Circulação de Espetáculos de Artes Cênicas para Rua (2014), Proac – Circulação de Espetáculos de Circo (2015), Proac – Território das Artes (2016, 2018 e 2019), Proac – Audiovisual (2017), Mestre da Cultura Popular Leandro Gomes de Barros do Ministério da Cultura (2017), Mestre da Cultura Popular Selma do Coco do Ministério da Cultura (2018), Funarte – Doação de Equipamento de Iluminação (2018), Ponto de Cultura (2018) e Iberescena Festivais (2018). Além de contar com o patrocínio Petrobras em 2007, 2010 e 2013.

2 módulos de 6 horas cada

Módulo 1

* Panorama e conceituação da produção cultural

* Diagnóstico histórico dos mecanismos de financiamento da produção cultural

* Análise do cenário de financiamento para a cultura no Brasil

* Análise de editais

* Dimensionamento de recursos materiais e humanos

* Montagem de cronograma de atividades

* Montagem de orçamento

* Formatação de projeto

Módulo 2

* Estudo de potencias e carências

* Análise do potencial artístico e estratégias de alcance do resultado esperado

* Levantamento do histórico, currículos e registros necessários para avaliação do projeto inscrito

* Análise e planejamento estratégico para a conquista de recursos

* Administração de projetos

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br